Começa na basílica de Guadalupe a volta mundial pela paz e a unidade

«Projeto Ecumenicon», muito mais que um grande concerto

| 804 visitas

MÉXICO, segunda-feira, 11 de junho de 2007 (ZENIT.org-El Observador).- Sob o lema «um só coração e uma só alma», o «Projeto Ecumênico» abrirá uma volta mundial pela paz e a unidade desde o México.

A jornada começará na próxima terça-feira, 12 de junho de 2007, com uma solene celebração litúrgica na Basílica de Guadalupe, para desde aí levar a mensagem de paz e unidade a 16 países do mundo, inclusive Israel.
 
A volta concluirá, segundo explicaram os organizadores, em Roma, no ano 2008. «Trata-se de todo um programa de difusão internacional que busca a promoção da reconciliação e o entendimento entre as nações, e gerar o fluxo de milhões de vontades dispostas a unir-se em um esforço de solidariedade global mediante atos concretos de apoio aos países necessitados», diz o comunicado oficial deste acontecimento. 
 
Cabe destacar que o «Projeto Ecumenion» é impulsionado pela Associação João Paulo II da Espanha, e apoiado no México pela Basílica de Santa Maria de Guadalupe. Foi apresentado nesta segunda-feira na Embaixada da Espanha no México. A volta será um evento cultural com repercussões sociais, que parte de uma obra de música sacra onde se conjuntam as idéias de unidade que permearam a humanidade através dos séculos, e a força expressiva da música.  
 
«Ecumenismo é união, é o desejo de entendimento entre os homens e está na raiz desta obra 'oratorio Ecumenicon', que deseja contribuir desde a música com esse anseio não satisfeito da unidade entre os homens, e fomentar a busca de um denominador comum que nos leve a um futuro melhor», segue dizendo o comunicado.   
 
A obra foi composta pelo maestro russo Yuri Chuguyev, adaptada por Luis Díez, e será executada pelo Coro da Catedral Ortodoxa de São Jorge, o Coro da Catedral de Santa Sofia e o Arcebispado Ortodoxo Grego, o Coro da Capela de Música da Basílica e alunos convidados do Conservatório Nacional de Música do México, sob a direção de Manuel Rosillo Segura. Como narrador, participa o ator Eric del Castillo.   
 
Um dos eixos do projeto consiste em impulsionar a solidariedade internacional em causas benéficas nos cinco continentes, em particular dos países do chamado Terceiro Mundo.   
 
Por este motivo, depois de começar no México, realizará um percurso pela Espanha, Polônia, Alemanha, Peru, Equador, Argentina, Chile, Estados Unidos, Venezuela, Colômbia, Filipinas, Austrália, República Checa, Israel, África do Sul e Itália.   
 
O acontecimento será retransmitido ao vivo por Catholic.net Radio.    
 
É possível apoiar esta singularidade internacional e apoiar iniciativas apostólicas patrocinadas pela Associação João Paulo II com um donativo de 145 pesos mexicanos (10 euros) que também permite ao doador receber o CD «Ecumenion» por correio em sua casa -- em qualquer parte do mundo -- ou na entrada da Basílica de Guadalupe durante o evento.   
 
Para tornar efetiva esta contribuição de forma segura, a associação João Paulo II propõe este site.