Comissão Pontifícia de Arqueologia comemora 200 anos

Cerimônia comemorativa nesta quinta-feira, em Roma

| 1040 visitas

ROMA, terça-feira, 7 de dezembro de 2010 (ZENIT.org) - A Comissão Pontifícia de Arqueologia Sacra comemora seus 200 anos.

Por esta razão, o palácio da Chancelaria de Roma vai acolher na quinta-feira, 9 de dezembro, uma cerimônia comemorativa, com a presença do cardeal Tarcisio Bertone, secretário de Estado vaticano, e Gianfranco Ravasi, presidente do Conselho Pontifício para a Cultura.

O encontro vai incluir as atividades dos professores Fausto Zevi, Silvia Lusuardi Siena e Leandro Polverini, e será encerrado com a participação da presidente da comissão pontifícia, Letizia Pani Ermini.

O cardeal Ravasi presidirá depois uma Missa na Basílica de San Lorenzo in Damaso.

Esta comissão foi fundada em 1810, sob o título Academia Romana de Arqueologia. Foi precedida pela Academia das Antiguidades Romana, criada em 1740 por Bento XIV, e pela Academia Romana, fundada por Pomponio Leto, no século XV. O Papa Pio VIII decidiu chamá-la de pontifícia em 1829.

A missão da comissão é promover a arqueologia e história da arte antiga e medieval. Está situada sob a liderança do cardeal Secretário de Estado e é composta de 140 membros (20 honorários, 40 efetivos, 80 correspondentes).

Eles são convidados a participar da sessão anual das academias pontifícias, organizada pelo Conselho Pontifício para a Cultura.

(Anita S. Bourdin)