Como, onde e quando proclamar o Evangelho

Bispo de Zrenjanin, na Sérvia, se pronuncia na 17ª congregação geral do sínodo

| 1104 visitas

Dom Ladislav Nemet, S.V.D.

CIDADE DO VATICANO, terça-feira, 23 de outubro de 2012 (ZENIT.org) - Reproduzimos abaixo as palavras de dom Ladislav Nemet, SVD, bispo de Zrenjanin, na Sérvia, durante a 17ª congregação geral do sínodo dos bispos, ocorrida em 19 de outubro de 2012.

1. O Evangelho proclamado.

O Evangelho que deveria ser transmitido acende a esperança, porque encerra em si a promessa da vida eterna. Tem um conteúdo claro: o conhecimento de Deus, que se manifestouem Jesus Cristo. É um Evangelho de santificação.

2. O mundo em que o Evangelho é proclamado.

O mundo é criação de Deus. A nossa história e cultura se inscrevem na história salvífica de Deus. Precisamos entrar em diálogo com o mundo: com os homens de hoje. A evangelização na Igreja das origens sempre andou de mãos dadas com a procura das sementes da Palavra de Deus na cultura do presente.

3. Os lugares em que o Evangelho é proclamado.

A paróquia, ou comunidade eclesial, é o primeiro lugar da evangelização. Observamos também as fortes mudanças que acontecem nas paróquias, que se tornam cada vez maiores. Portanto, a nova evangelização deveria inaugurar caminhos e lugares de diálogo onde não existe contato com a paróquia nem com a pequena comunidade cristã.

4. Os homens que proclamam o Evangelho.

A família é um lugar privilegiado da transmissão da fé. Porém, não podemos deixar de notar que muitas uniões fracassam, e, assim, as famílias se rompem. É importante, para os países aqui representados pelos bispos do nosso círculo, que o contato ecumênico seja cultivado.

(Trad.ZENIT)