Conclave pode ser antecipado

Cardeais podem chegar a Roma antes de 15 de março

Roma, (Zenit.org) Antonio Gaspari | 1283 visitas

Se todos os cardeais chegarem a Roma antes de 15 de março, a data do conclave poderá ser antecipada. A hipótese plausível, que circulava entre os cardeais em Roma e que já fora matéria de pergunta da própria ZENIT à assessoria de imprensa da Santa Sé, foi confirmada pelo pe. Federico Lombardi, porta-voz do Vaticano, durante conferência de imprensa neste fim de semana.

A constituição apostólica Universi Dominici Gregi, que legisla sobre o assunto, prevê de 15 a 20 dias para permitir que todos os cardeais com direito de voto cheguem a Roma.

"Se todos os cardeais chegarem antes desse prazo", disse o Pe. Lombardi, “é claro que o Colégio dos Cardeais poderia propor que o conclave começasse antes”.

Lombardi, que de manhã havia participado na reunião do pontífice com o presidente da Guatemala, transmitiu aos jornalistas os cumprimentos do Santo Padre pelo bom trabalho que estão fazendo nestes dias.

O porta-voz do Vaticano afirmou que, a partir da noite de 28 de fevereiro, Joseph Ratzinger permanecerá até o final de abril na residência de Castel Gandolfo. É o tempo necessário para o fim da reforma da nova residência no Vaticano.

Quanto ao conteúdo das meditações nos exercícios espirituais que começaram na noite deste domingo, os textos do cardeal Ravasi não serão disponibilizados até o início de março, quando serão transformados em livro. Entretanto, as versões em áudio já serão oferecidas no site da Rádio Vaticano.