Concurso internacional Veritas et Amor 2012

Cerimônia de premiação é marcada para março de 2013

| 913 visitas

Por Antonio D'Angiò

ROMA, segunda-feira, 17 de setembro de 2012 (ZENIT.org) - Desde 13 de setembro está disponível no site www.circolosantommaso.it o anúncio da terceira edição do Concurso Veritas et Amor, promovido pela organização sem fins lucrativos Círculo de São Tomás de Aquino, para jovens de até 35 anos de idade. O objetivo do concurso é promover a figura e o pensamento de Tomás de Aquino.

O Círculo foi fundado em 2009, no 35º aniversário da visita do papa Paulo VI à cidade de Aquino, em 1974. A finalidade da organização é realizar um projeto cultural baseado na doutrina cristã e aberto às novas linguagens da cultura e da arte.

O concurso Veritas et Amor é dividido em duas seções, Cultura e Arte. A primeira abrange monografias e teses de licença e de doutorado, tanto em filosofia e teologia quanto em direito, economia, ciência política e áreas afins, publicadas ou defendidas a partir de 2005. A segunda seção, Arte, é reservada a trabalhos de linguagem artística clássica ou contemporânea, como pintura, escultura, performance, vídeo-arte, etc.

As obras devem ter como objeto a vida e o pensamento de Tomás de Aquino. Os trabalhos devem ser enviados até 30 de novembro, para os participantes na seção Cultura, e até 31 de dezembro, na seção Arte.

Os vencedores de ambas as seções, cuja cerimônia de premiação será realizada em março de 2013, receberão uma bolsa de € 3.000 e a oportunidade de expor seus trabalhos em Aquino.

Os patrocinadores do evento são instituições religiosas e empresas financeiras. Entre as instituições religiosas estão a diocese de Sora-Aquino-Pontecorvo, o Pontifício Conselho para a Cultura, o Projeto Cultural da Igreja Italiana e duas Pontifícias Academias. Entre as empresas, contribuem a Fundação Generali e o Banco Popular de Cassinate.

A comissão julgadora da seção Cultura é composta por estudiosos da filosofia de Tomás de Aquino, como Lluis Clavel, Walter Senner, Manlio Sodi, Antonio Fazio e o filósofo Francesco D'Agostino. Já a comissão da seção Arte é composta pelo artista Roberto Almagno e por Micol Forti, dos Museus do Vaticano.

Em 2012, a cerimônia de concessão das bolsas foi incluída no protocolo de entrega do prêmio Tocha de Ouro ao emérito presidente do Banco da Itália, Antonio Fazio, que, na ocasião, palestrou sobre "Crise, Desenvolvimento e Bem Comum".

A participação na cerimônia de encerramento em março de 2013 oferece duas outras experiências culturais, que continuam colocando a pequena Aquino na rota de eventos importantes.

A primeira é a possibilidade de chegar à cidade percorrendo parte da estrada descrita no guia "O Caminho de São Bento", com cenários da vida de São Tomás indicados em etapas que vão de Arpino a Roccasecca em Monte Cassino. É o percurso final de uma viagem de 16 dias de Núrsia a Subiaco em Cassino.

A segunda experiência é a oportunidade de rever o sarcófago de alabastro com a corrida das quadrigas no Circo Máximo (século II d.C.), roubado nos primeiros dias de setembro de 1992, reencontrado em julho do ano passado e colocado novamente em exposição em Aquino.