Conselho Ecumênico das Igrejas: "A Evangelii Gaudium é um documento desafiador e estimulante"

Entidade promove em janeiro uma jornada especial de reflexão e estudo da exortação apostólica

Roma, (Zenit.org) Redacao | 751 visitas

Entre os muitos aplausos recebidos no mundo, a exortação apostólica Evangelii Gaudium, do papa Francisco, recebeu também o "interesse e apreço" do Conselho Ecumênico das Igrejas (WCC, na sigla em inglês), que a qualificou como "um documento desafiador e estimulante".

Conforme relatado pela Rádio Vaticano, o secretário geral do WCC, o pastor norueguês Olav Fykse Tveit, declarou: "A exortação apostólica é mais do que apenas um texto que transmite a mensagem do sínodo sobre a evangelização. Ela aborda a necessidade de renovação da Igreja em todos os níveis, do ponto de vista do chamado a ser uma igreja em missão, usando um tom aberto e ao mesmo tempo desafiador e estimulante".

O pastor Tveit lembra que o Conselho Ecumênico das Igrejas realizou recentemente a sua X Assembleia, em Busan, na Coreia do Sul, de 30 outubro a 8 novembro, com o lema "Deus da vida, guiai-nos à justiça e à paz". Na reunião, as 345 igrejas-membro refletiram sobre a necessidade de renovação da Igreja católica e do movimento ecumênico, bem como sobre a missão a partir das "periferias da sociedade".

Tveit traçou um paralelo entre o caminho tomado pelo WCC após o encontro de Busan e as reflexões do Santo Padre. "O Conselho Ecumênico das Igrejas e a Santa Sé trabalharam em estreita colaboração ao longo das últimas décadas, através do Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos".

O WCC decidiu dar prosseguimento, durante o mês de janeiro, à reflexão e ao estudo da exortação apostólica de Francisco mediante uma jornada especial dedicada à discussão do documento. O site da entidade, além disso, oferece a todos os membros o link para ler o texto integral da Evangelii Gaudium em inglês.