Coordenadores das Pastorais Sociais reúnem-se em Brasília

Encontro na CNBB decorre até quinta-feira

| 1090 visitas

BRASÍLIA, terça-feira, 15 de junho de 2010 (ZENIT.org) - Propriedade da terra, eleições 2010 e reforma do Estado foram os assuntos discutidos no primeiro dia do Encontro Nacional das Pastorais, Organismos e Regionais da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), que conta com a participação de 80 coordenadores nacionais das Pastorais Sociais. 

O evento, que decorre de ontem até a próxima quinta-feira, 17, em Brasília, baseia-se nos documentos da CNBB “Em Busca dos Sinais dos Tempos” e “Igreja e Questões Agrárias no Início do Século XXI”.

O pesquisador Centro de Pesquisa e Apoio ao Trabalho (Cepat) César Sanson destacou em sua intervenção a importância do documento “Em Busca dos Sinais dos Tempos”.

O texto “nos faz pensar sobre a crise civilizacional que se manifesta através de uma série de crises: a ecológica, enérgica, alimentar, econômica, do trabalho, que permeia um caráter ético e cultural”, disse, segundo informa a Sala de Imprensa da CNBB.

“Vivemos uma profunda crise sistêmica e entender o caráter dessa crise é importante para a definição de uma ação social consequente”, afirmou.

Nessa segunda-feira, falaram ainda o professor titular de geografia agrária da Universidade de São Paulo (USP), Ariovaldo Umbelino de Oliveira, o secretário executivo do Mutirão pela Superação da Miséria e da Fome, padre Nelito Dornelas, e o secretário executivo da Comissão Brasileira de Justiça e Paz (CBJP), Daniel Seidel.