Cristo é «nosso companheiro, nosso alimento e conforto no caminho», diz cardeal

Dom Odilo Scherer destaca caráter missionário da fé na Eucaristia

| 1154 visitas

Por Alexandre Ribeiro

SÃO PAULO, quinta-feira, 22 de maio de 2008 (ZENIT.org).- O cardeal de São Paulo, Dom Odilo Scherer, considera que a Solenidade de Corpus Christi é expressão do significado de que Jesus Cristo «é nosso companheiro, nosso alimento e conforto no caminho».

No dia em que a Igreja celebra a Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, o arcebispo escreveu uma mensagem aos fiéis para recordar que «a Igreja ensina e o povo crê com ela que Jesus Cristo está no meio de nós e também perpetua sua presença e ação através do sacramento da Eucaristia».

«Não estamos sós neste mundo, com nossos problemas e angústias; nem estamos sem rumo e sem horizonte nesta vida», afirma.

De acordo com o cardeal Scheid, é importante valorizar a fé de nossa Igreja em Jesus Cristo na Eucaristia.

«Há enormes possibilidades para realizar belas e dignas celebrações, destacando os vários aspectos da Eucaristia.»

O arcebispo recorda, nesse contexto, o 49º Congresso Eucarístico Internacional, que será realizado na cidade de Quebec (Canadá), nos dias 15 a 22 de junho deste ano, sob o tema «Eucaristia, dom de Deus para a vida do mundo».

Segundo o cardeal Scheid, o tema do congresso recorda que «este dom de Deus se destina a dar vida ao mundo; e isso empenha a ação missionária daqueles que crêem na Eucaristia: eles se tornam promotores da vida».

«A verdadeira adoração à Eucaristia nunca pode estar desvinculada da “obediência a Deus” através da vida sintonizada com os mandamentos e o desígnio de Deus; por outro lado, a fé na Eucaristia seria incompleta se não fosse acompanhada pela caridade operosa.»

«A Eucaristia é o pão da vida que Cristo partilha com a humanidade e está relacionada estreitamente com a partilha do nosso pão com os irmãos», afirma.

Portanto – prossegue Dom Odilo Scherer, «nossa fé eucarística deve ser traduzida em muitas formas e expressões de caridade pessoal e social».

«O Papa Bento 16, na sua encíclica Deus caritas est, recorda-nos que a “caridade”, com seu amplo significado, é um dos três âmbitos inseparáveis da vida e da missão da Igreja, ao lado do anúncio da Palavra de Deus e da celebração da Liturgia.»

«A Eucaristia leva-nos a sermos testemunhas e sinais de Deus no meio do mundo, para que as pessoas, ao nosso redor, também possam encontrar o Deus da vida», afirma o arcebispo.