Cuba: "um sinal muito positivo"

Havana declara feriado nesta sexta-feira santa

| 1011 visitas

CIDADE DO VATICANO, segunda-feira, 2 de abril de 2012 (ZENIT.org) - "As autoridades cubanas terem aceitado o pedido do Santo Padre ao presidente Raul Castro de declarar esta sexta-feira santa como feriado é certamente um sinal muito positivo", afirma o diretor da Assessoria de Imprensa do Vaticano, padre Federico Lombardi, alegre com a decisão do governo de Havana.

"A Santa Sé espera que isto promova a participação nas celebrações religiosas e na Páscoa, e que, mesmo encerrada, a visita do Santo Padre continue a dar os frutos desejados para o bem da Igreja e de todos os cubanos".

O pedido foi feito por Bento XVI na reunião com o presidente cubano, Raúl Castro, terça-feira passada no Palácio da Revolução. A conversa durou pouco menos de uma hora.

Em 1998, o antecessor João Paulo II conseguiu convencer Fidel Castro a restaurar o Natal como festividade na ilha.