D. Jean-Claude Hollerich, arcebispo do Luxemburgo, em entrevista

Crise e Migrações: o risco da indiferença

Fátima, (Zenit.org) | 383 visitas

Nos dias 12 e 13, D. Jean-Claude Hollerich, arcebispo do Luxemburgo, preside em Fátima à peregrinação internacional de agosto que, de entre vários grupos em peregrinação, integra o grupo da peregrinação do migrante.

Em entrevista à Sala de Imprensa do Santuário de Fátima a partir do Luxemburgo, D. Jean-Claude Hollerich fala da alegria da vinda a Fátima e da exortação que trará aos peregrinos que de todo o mundo aqui assomarão: Anunciem Cristo!

Concretamente sobre a temática da migração, o arcebispo refere que no Luxemburgo, em que 45% da população é estrangeira, não há rejeição aos emigrantes e que o maior perigo é semelhante ao dos outros países, “o risco da globalização da indiferença”.

As principais intenções de oração do arcebispo do Luxemburgo na Cova da Iria serão: uma Igreja viva para o Luxemburgo, que a Jornada Mundial da Juventude que recentemente terminou no Rio de Janeiro dê frutos e que a Igreja conheça uma primavera vocacional .

Na mesma entrevista, D. Jean-Claude Hollerich revela ainda como vivem os luxemburgueses a devoção a Nossa Senhora de Fátima e que considera  a comunidade portuguesa ali residente como  uma parte essencial da Igreja do Luxemburgo.

Recorde-se que a Peregrinação do Migrante a Fátima é uma iniciativa promovida pela Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana, inserida no programa da 41ª Semana Nacional das Migrações, de 11 a 18 de agosto, que tem este ano como tema “Migrações peregrinações de fé e de esperança”.

A entrevista a D. Jean-Claude Hollerich está disponível na íntegra em www.fatima.pt, página oficial do Santuário de Fátima na Internet. (http://www.fatima.pt/portal/index.php?id=66423)

Na sua página oficial na Internet, a Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana, através da Obra Católica Portuguesa das Migrações, anuncia outros pormenores sobre a edição deste ano da Semana Nacional das Migrações: http://www.ecclesia.pt/ocpm/

Fonte: Sala de Imprensa do Santuário de Fátima