D. Wenski: fé católica, maior tesouro da América Latina

Argentinos em Miami celebram suas festas patrióticas

| 917 visitas

MIAMI, sexta-feira, 27 de maio de 2011 (ZENIT.org) - Dom Wenski, arcebispo de Miami, afirmou na segunda-feira que a fé católica “é o maior tesouro da América Latina” e que “não é uma ideologia política, nem um movimento social ou um sistema econômico”.

“É a fé em Deus Amor, encarnado, morto e ressuscitado em Cristo, o autêntico fundamento desta esperança que produziu frutos tão magníficos desde a primeira evangelização até hoje”.

A homilia foi dada na Missão São Francisco e Santa Clara de Miami, para comemorar a Revolução de Maio, evento fundador da Argentina. Participaram da missa os imigrantes procedentes do país platino.

O arcebispo também exortou os argentinos residentes em Miami a valorizar a sua cultura e guardá-la, porque “se pelo fato de estarmos fora do país que nos viu nascer nos desfazemos da nossa cultura, dos nossos valores e dos princípios nacionais inspirados no Evangelho, corremos o risco de sofrer muitas perdas”.

Também destacou que a história argentina recente ilustra a necessidade do respeito escrupuloso dos direitos humanos.

“Junto com meus irmãos bispos argentinos, desejo afirmar que o primeiro e mais fundamental desses direitos é o direito à vida”, para concluir que “há uma contradição manifesta entre a promoção do aborto e a defesa dos direitos humanos”.

Disse ainda que não pode haver autêntico progresso social em um país que não promove a vida familiar baseada na união estável entre um homem e uma mulher.

O arcebispo abordou a questão migratória nos Estados Unidos. É um assunto polêmico que afeta milhões de pessoas e que foi objeto de numerosos pronunciamentos por parte do episcopado norte-americano.

Dirigindo-se aos clandestinos, o arcebispo os encorajou a não perder a fé em Deus Amor, “porque esta fé, apesar das sombras atuais, iluminará o caminho rumo à esperança. O amor de Deus não tem fronteiras. Criado à imagem e semelhança de Deus, cada ser humano tem um mesmo destino: ser amigo de Deus”.

O arcebispo celebrou a missa de Nossa Senhora de Luján, segundo o rito da Misa Criolla, com cantos religiosos argentinos.

A cerimônia foi organizada pelo consulado argentino em Miami e transmitida ao vivo pela rádio da arquidiocese de Miami e pelo site www.radiopaz.org.

As celebrações da Semana de Maio em Miami continuaram até a quarta-feira, com um ato ecumênico em Bayfront Park, lugar onde se encontra um busto do general José de San Martín, libertador da Argentina. Nesse ato, os católicos rezaram a “Oração pela Pátria” composta pelo episcopado argentino.