Da Coreia, solidariedade e ajudas para as vítimas do tufão Haiyen

Como comunicado a Fides, Dom Andrew Yeom Soo-jung, Arcebispo de Seul, enviou uma mensagem de solidariedade e de pesar ao Cardeal Luis Antonio Tagle

Roma, (Zenit.org) | 299 visitas

Solidariedade e ajudas à população filipina atingida pelo tufão Haiyen (chamado localmente “Yolanda”) chegam de vários países asiáticos.

Em especial, como comunicado a Fides, Dom Andrew Yeom Soo-jung, Arcebispo de Seul, enviou uma mensagem de solidariedade e de pesar ao Cardeal Luis Antonio Tagle, Arcebispo de Manila, expressando proximidade espiritual depois da devastação e da perda de vidas humanas causadas pelo tufão Haiyen.

“A Arquidiocese de Seul está rezando pelo vosso país”, disse o Arcebispo numa carta enviada a Fides. "Os nossos pensamentos e as nossas orações estão com todas as pessoas atingidas por esta devastadora calamidade natural”. Expressando proximidade concreta, a Arquidiocese de Seul enviou 50.000 dólares ao fundo de emergência criado especialmente pela Caritas Internationalis para administrar as ajudas humanitárias. Além disso, as paróquias da arquidiocese de Seul iniciarão, a partir de domingo 24 de novembro, uma especial coleta de fundos e ajudas humanitárias para ajudar continuamente e diretamente milhares de deslocados e sem-teto.

(Agência Fides)