Declaração relativa à tutela da figura do Papa

| 1905 visitas

CIDADE DO VATICANO, domingo 20 de dezembro de 2009 (ZENIT.org).- Oferecemos, a seguir, a nota divulgada ontem, sábado, pela Sala de Imprensa da Santa Sé, sobre o uso da figura do Papa.

***

DECLARAÇÃO RELATIVA À TUTELA DA FIGURA DO PAPA

 

Sobretudo ao longo dos últimos anos, pôde-se constatar o crescente afeto e a estima cordial de muitos pelos Sumos Pontífices, a ponto de alguns pretenderem intitular-lhes instituições universitárias, escolásticas ou culturais, bem como associações, fundações ou outros entes.

Sabendo disso, declara-se que compete exclusivamente à Santa Sé a legitimação para tutelar de qualquer modo o respeito devido aos Sucessores de Pedro e, consequentemente, para preservar a sua figura e identidade pessoal de iniciativas que adotam, sem autorização, o nome e/ou o brasão dos Papas para fins e atividades que muito pouco ou nada têm a ver com a Igreja Católica. Na realidade, às vezes o que se procura, através do uso de símbolos e também de logotipos eclesiais ou pontifícios, é conferir credibilidade e consideração àquilo que é promovido ou organizado.

Portanto, a utilização, seja de tudo o que se refere diretamente à pessoa e ao cargo do Sumo Pontífice (nome, imagem e brasão), seja da designação de "Pontifício/a", deve ser expressa e previamente autorizada pela Santa Sé.

[©Libreria Editrice Vaticana]