Decreto de validade jurídica do processo de beatificação da "Nossa Mãe", Madre Tereza Margarida

Recebido o decreto de validade jurídica no dia 28 de abril

Três Pontas, (Zenit.org) Irmã Maria Elisabeth da Trindade  | 342 visitas

Após uma intensa preparação em nossa Comunidade, com a leitura dos escritos de Nossa Mãe, Madre Tereza Margarida, e muita oração, chegou afinal o esperado dia 4 de março de 2012, marcando o início de um novo tempo para o Carmelo de Três Pontas e para cada uma de nós pessoalmente.

Desde o início do Processo até o encerramento da fase Diocesana, no dia 12 de maio de 2013, os trabalhos foram intensos. Foram recolhidas as provas documentais e ouvidas as testemunhas.

O trabalho de coleta dos escritos da Serva de Deus Madre Tereza Margarida, foi o que mais nos edificou, pois Nossa Mãe, sendo uma pessoa muito culta e espiritual, deixou escritos preciosos que não podiam deixar de fazer parte do Processo. Para nós que trabalhamos diretamente com esse rico acervo, sentimo-nos tocadas pelo exemplo de uma vida tão santa e ao mesmo tempo tão simples.

Que emoção no dia do Encerramento, quando depois de tanto trabalho e em tão pouco tempo, vimos sendo lacradas, por nosso querido Bispo Dom Diamantino Prata de Carvalho, as caixas contendo os segredos de alguém que soube amar, uma Testemunha do Deus-Amor.

O Postulador Dr. Paolo Vilotta, não mediu esforços para levar à frente a Causa. Ele mesmo entregou a documentação à Congregação para as Causas dos Santos. Esperando obediente o parecer da Igreja.

Tendo recebido o processo, a Congregação para as Causas dos Santos começou a estudar a validade jurídica do mesmo. Isto é, se durante toda a instrução do processo ouvindo testemunhas ou recebendo documentos foram observadas e atendidas pelo Tribunal todas as rubricas canônicas da Igreja. Esta avaliação dura, mais ou menos, um ano ou dois. Se constatado que tudo no processo foi feito de acordo com a legislação vigente para os processos de canonização, a Congregação para as Causas dos Santos emite o "Decreto de Validade Jurídica" do processo.

Para maior honra e glória de Deus, recebemos no dia 28 de abril o Decreto de Validade Jurídica do processo da Serva de Deus Madre Tereza Margarida do Coração de Maria, Nossa Mãe.

Nossa Comunidade, num misto de júbilo e emoção recebeu a notícia agradecendo ao Bom Deus por mais esse passo dado no Processo.

Continuamos em espírito de oração e confiança, dóceis à voz da Santa Mãe Igreja.

Veja também:

Entrevista com o postulador da causa

Entrevista com Frei Patrício Sciadini, ocd, delegado geral da Ordem Carmelita no Egito 

Biografia da Serva de Deus Madre Tereza Margarida "Nossa Mãe"