Defesa da vida e da família, serviço da Igreja à sociedade – diz Papa

Ao receber os bispos de Benin

| 1049 visitas

CASTEL GANDOLFO, quinta-feira, 20 de setembro de 2007 (ZENIT.org).- Bento XVI assegura que a mobilização da Igreja a favor da vida e da família é um serviço oferecido a toda a sociedade.



Por este motivo, nesta quinta-feira agradeceu os bispos de Benin, a quem recebeu em audiência em Castel Gandolfo, por suas «intervenções públicas».

«Em várias circunstâncias defendestes valentemente os valores da família e do respeito da vida, quando eram ameaçados por ideologias que propõem modelos e atitudes em contraposição com uma autêntica concepção da vida humana», afirmou.

«Alento-vos a continuar com este compromisso, que é um serviço oferecido a toda a sociedade», reconheceu o Santo Padre.

Neste contexto, propôs aos prelados africanos a «formação dos jovens» como uma de suas «prioridades pastorais».

«Ao ajudar os jovens a alcançar uma maturidade humana e espiritual, fazei que descubram a Deus, fazei que descubram que na entrega deles mesmos ao serviço dos demais, eles se convertem em livres e mais maduros!», exortou-os.

«Os obstáculos que encontram para comprometer-se no matrimônio cristão e para viver na fidelidade aos compromissos alcançados, obstáculos com freqüência ligados à cultura e às tradições, exigem não só uma séria preparação para este sacramento, mas também um acompanhamento permanente das famílias, em particular nos momentos de maior dificuldade», concluiu o Papa.