Depois do terremoto: Recomeçaremos com as crianças

Cidade italiana atingida em maio festeja agora seu santo padroeiro

| 621 visitas

FINALE EMILIA, segunda-feira, 9 de julho de 2012 (ZENIT.org) - A vida não para, apesar das muitas dificuldades, e a celebração de um santo padroeiro pode ser uma oportunidade para olhar para frente com esperança, otimismo e, acima de tudo, fé.

A pequena cidade de Finale Emilia, nas proximidades de Modena, uma das mais atingidas pelo terremoto de maio passado, comemora hoje o dia de São Zenon com uma procissão religiosa, acompanhada por autoridades civis e pelas vítimas do abalo sísmico.

“Neste ano, esta festa vai ter um significado diferente e muito mais profundo, depois do que aconteceu nos últimos meses”, diz Antonella Diegoli, presidente da Federvita Emilia Romagna.

“Estamos todos reunidos em torno ao nosso padroeiro. Esperamos que as crianças que nasceram no novo milênio de vida da cidade, e que são o símbolo do nosso futuro, nos ajudem a fazer de Finale Emilia um lugar ainda mais bonito do que foi para nós, seus pais, primos, tios, avós e parentes, até 20 de maio de 2012, quando o terrível terremoto transformou em pó e escombros muito daquele passado e boa parte do presente”.

“Graças à cooperação do Movimento para a Vida e de Pré-Natal, vamos entregar para as crianças nascidas depois de 2009 um presente especial, para elas e para as novas mamães: roupinhas de bebê, um guia da cidade e o folheto informativo A Vida Humana, Primeira Maravilha, de Lucia Barocchi, que ilustra de forma científica o mistério da concepção e do nascimento dos seres humanos. Tenho certeza de que este presente nos ajudará a ter esperança e acreditar no futuro que a cidade vai construir com a ajuda de tantas pessoas de boa vontade”.