Deus não deixará faltar ajuda à sua igreja

Bento XVI comenta os casos de divulgação ilícita de documentos vaticanos

| 1331 visitas

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 1º de junho de 2012 (ZENIT.org) - Em gesto de confiança e transparência, Bento XVI falou nesta quarta-feira (30 de maio), durante a audiência geral semanal, sobre a divulgação ilícita de documentos vaticanos que levou à detenção do seu mordomo.

"Os acontecimentos dos últimos dias, a respeito da cúria e dos meus colaboradores, causaram tristeza ao meu coração, mas não se ofuscou nunca a firme certeza de que, apesar da fraqueza do homem, apesar das dificuldades e das provações, a Igreja é guiada pelo Espírito Santo e o Senhor nunca deixará faltar a sua ajuda para sustentá-la na sua estrada".

Bento XVI comentou ainda sobre o comportamento de alguns meios de comunicação: "Multiplicaram-se as ilações, amplificadas por alguns meios de comunicação, totalmente gratuitas, que foram muito além dos fatos, oferecendo uma imagem da Santa Sé que não corresponde à realidade".

 Por último, o papa expressou o desejo de "renovar a minha confiança e o meu incentivo aos meus mais estreitos colaboradores e a todos aqueles que, cotidianamente, com fidelidade, com espírito de sacrifício e no silêncio, me ajudam no cumprimento do meu ministério".