"Dia 16 de junho abre um novo verão pela vida"

De acordo com Carlo Casini (MPV), a iniciativa Um de nós é "a resposta popular à chamada para a mobilização geral para uma nova cultura da vida"

Roma, (Zenit.org) | 390 visitas

Carlo Casini, presidente do Movimento pela Vida (MpV), expressou sua satisfação pelos dias da Evangelium Vitae que levou a Roma no último sábado e domingo, mais de cem mil pessoas de todo o mundo.

"Foi um momento importante sobretudo para os movimentos pró-vida na Europa. A partir de agora a coleta de assinaturas Um de nósserá acompanhada pela meditação, estudo e divulgação da encíclica Evangelium Vitae".

"Pode-se dizer que o grito Um de nósé a resposta popular ao apelo à mobilização geral para uma nova cultura da vida, que está no coração da Evangelium Vitae".

"O dia 16 de junho abre um novo verão pela vida que poderemos considerar concluído com a peregrinação mundial das famílias no final de outubro”.

“Foram recolhidas mais de 600 mil assinaturas, a meta é de um milhão de adesões, de acordo com a normativa, mas para que a iniciativa tenha peso político no debate que acontecerá nas instituições europeias, temos de ir muito além do mínimo exigido e fazer notar a natureza cultural e fundamental para uma verdadeira renovação civil e social do princípio igualitário da dignidade de todo ser humano”.

"A Jornada Evangelium vitae - concluiu Casini - evocou a memória do Beato João Paulo II e isso aqueceu os corações e as almas dos voluntários que ele mesmo tinha renomeado o Povo da vida. É como se ele tivesse nos convocado na Praça de São Pedro com o Papa Francisco. E o povo respondeu. Respondeu ao Papa que derrubou os muros da divisão, respondeu ao Papa que busca os pobres e os afastados nas periferias do mundo".