Dia da Bíblia: oportunidade para despertar interesse pela Escritura

| 1463 visitas

UBERABA, terça-feira, 23 de setembro de 2008 (ZENIT.org).- A celebração no Brasil do Dia da Bíblia, no último domingo de setembro, é oportunidade para despertar um maior interesse pela Escritura Sacra, considera o arcebispo emérito de Uberaba (Minas Gerais).

Dom Benedicto de Ulhôa Vieira acredita que o evento “é ocasião propícia para lembrar aos cristãos a necessidade de conhecer a revelação de Deus contida na Bíblia”.

“Sobretudo a vinda do Messias, que é Jesus, e assim firmar-nos na fé. A revelação nos mostra o amor de Deus que veio ao nosso encontro para nossa santificação e salvação.”

De acordo com o arcebispo emérito, “desde os tempos antigos, através dos profetas que Deus enviava ao povo judeu, foi sendo conhecida a vontade divina de nos preparar para a chegada de Jesus, o Messias”.

“Depois da morte e ressurreição de Jesus, os apóstolos saíram pelo mundo antigo anunciando o nome e a vida do Salvador, que veio para nossa redenção.”

Dom Benedicto Vieira recorda que “as narrativas escritas sobre Jesus, o Messias Filho de Deus, são os Evangelhos canônicos, que só apareceram pelos anos 70”.

Até esse momento, predominou “a tradição oral, que era a linha de transmissão da mensagem evangélica, isto é, a boa nova que é Jesus, como Cristo e Senhor, prometido e esperado e assim despertar a fé no Ressuscitado”, explica.

O arcebispo emérito indica aos fiéis o estudo “por partes” da Bíblia e acredita que o “Dia da Bíblia” pode ajudar a despertar o interesse pelo estudo e “pela mensagem divina expressa na Escritura Sacra”.