Diálogo íntimo com Deus: conselho do Papa aos estudantes

Indicação dirigida particularmente aos jovens

| 771 visitas

CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 3 de setembro de 2008 (ZENIT.org).- Ao recomeçarem as aulas após as férias de verão boreal, Bento XVI recomendou nesta quarta-feira, em especial aos jovens, que vivam a vida cotidiana em diálogo íntimo com Deus.

Ao despedir-se dos milhares de peregrinos reunidos na Sala Paulo VI do Vaticano, o Papa concluiu a audiência geral com algumas palavras dirigidas aos jovens, doentes e recém-casados.

«Queridos jovens – disse –, ao voltar às atividades cotidianas após as férias, regressai ao ritmo regular de vosso diálogo íntimo com Deus, difundindo com vosso testemunho sua luz ao vosso redor.»

Depois, dirigindo-se aos doentes, assegurou-lhes que poderão encontrar «apoio e consolo em Jesus, que continua sua obra de redenção na vida de cada homem».

Por último, ele se dirigiu aos recém-casados, alguns com sua roupa de casamento, para exortá-los a «manter um contato constante com o Senhor, que dá a salvação a todos» e os alentou a recorrer «a seu amor para que também o vosso seja cada vez mais firme e duradouro».