Dimensão «divina e humana» da água no Pavilhão Vaticano da Expo Zaragoza

Apresentada no Vaticano com a participação do cardeal Martino

| 752 visitas

CIDADE DO VATICANO, segunda-feira, 19 de maio de 2008 (ZENIT.org).- Para o Pavilhão que a Santa Sé terá na Expo Zaragoza 2008, a mostra que com o tema «Água e desenvolvimento sustentável» acontecerá na cidade do Ebro de 14 de junho a 14 de setembro, foi apresentada nesta segunda-feira na Sala de Informação da Santa Sé, com a presença do presidente do Conselho Pontifício Justiça e Paz, cardeal Renato Martino.

Além do purpurado, intervieram o arcebispo Zaragoza, Dom Manuel Ureña; o embaixador da Espanha ante a Santa Sé, Francisco Vázquez Vázquez; o prefeito de Zaragoza, Juan Albeto Belloch; e o comissário geral do Expo, Emilio Fernández-Castaño.

O cardeal Martino manifestou o desejo de que a Exposição Internacional seja uma oportunidade para que «aumente a consciência acerca da importância da água na vida do mundo», em sua dupla dimensão: divina e humana.

Como recordou o purpurado, a doutrina social da Igreja reconhece que «a água é fonte de vida» e deve «satisfazer as necessidades de todos, em particular dos pobres».

Neste sentido, o cardeal aludiu a um dos objetivos do Milênio para o Desenvolvimento: reduzir pela metade, antes de 2015, a proporção das pessoas que estão privadas do acesso à água potável.

A importância que a Igreja concede à água tem a ver também com uma dimensão mais espiritual, já que ela «nos leva à fé: no momento do Batismo, a água é usada como sinal de purificação e de uma nova vida».

«A água é portadora de vida, tanto física como espiritual, e através dela estamos convidados a compartilhar a vida de Cristo», expressou o cardeal, segundo recolhe a agência Veritas.

A Santa Sé propõe seu pavilhão como «um passeio de reflexão em torno dessa dupla dimensão da água: a divina e a humana»: o visitante fará um percurso guiado em três etapas.

A primeira apresenta a água como fonte de vida; a segunda mostra uma coleção de obras de arte relacionadas com a água e seu papel na História da Salvação; e a terceira é um espaço de caráter solidário no qual se recorda que muitos homens têm um acesso limitado a este elemento vital e também a necessidade de trabalhar coletivamente para solucionar esse problema.

Além disso, a Santa Sé participa também das demais atividades promovidas pela Expo Zaragoza 2008 no marco da mostra e sua principal contribuição é um Congresso Internacional sobre Ecologia, que será celebrado entre 10 e 12 de julho, sob o título «A questão ecológica: a vida do homem no mundo».

As jornadas estão organizadas pelo arcebispado de Zaragoza e pelo Conselho Pontifício Justiça e Paz, e contará com a presença de numerosos especialistas internacionais na matéria.