Diocese brasileira promove iniciativas da missão continental

Formação e visitas aos domicílios ganham ênfase na diocese de Petrópolis

| 935 visitas

PETRÓPOLIS, terça-feira, 18 de novembro de 2008 (ZENIT.org).- A diocese de Petrópolis (Rio de Janeiro) já ingressou na missão continental lançada pela Conferência de Aparecida com duas iniciativas: a formação e as visitas domiciliares.

A estruturação dessas duas atividades foi um dos frutos da 4ª Assembléia Diocesana de Petrópolis, realizada esse final de semana em Teresópolis.

Segundo informa a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), cerca de 200 delegados, representando 40 paróquias, movimentos e pastorais, estiveram reunidos para discutir as ações do Plano Pastoral de Conjunto, com o tema: «A alegria de ser discípulos e missionários».

O bispo diocesano, Dom Filippo Santoro, destacou dois pontos dentro da proposta da missão continental.

Primeiramente a formação, que deve ser feita por regiões [decanatos], nas paróquias e nas pequenas comunidades, que para ele «são ambientes favoráveis para o encontro pessoal, para leitura orante da Bíblia, para fraternidade, solidariedade».

Já o segundo aspecto são as visitas domiciliares. A «missão popular» consiste na visita a todas as casas, levando o Evangelho e promovendo momentos de oração.

A Assembléia encerrou com a celebração eucarística, presidida por Dom Filippo. Cinco mil pessoas participaram da Missa, no ginásio de Teresópolis.

Em sua homilia, o bispo enfatizou que sua diocese está comprometida com a missão continental assumida pela Igreja na América Latina.

«Podemos dizer com orgulho que estamos na linha de frente desta missão», disse. 

Dom Filippo destacou que a missão está primeiramente no coração de cada seguidor de Jesus.

«A missão nasce de um coração alegre, não a alegria do mundo, mas a alegria de quem está seguindo o Senhor Jesus.»

A Assembléia encerrou com o envio dos missionários, cujo trabalho tem início nas próximas semanas com a Novena de Natal.