Dom Chaput é novo arcebispo da Filadélfia (EUA)

Substitui o cardeal Rigali em plena crise de abusos sexuais do clero

| 1185 visitas

FILADÉLFIA, quarta-feira, 20 de julho de 2011 (ZENIT.org) – O arcebispo de Denver, Dom Charles Chaput, foi nomeado ontem pelo Papa Bento XVI como novo arcebispo da Filadélfia, em substituição do cardeal Justin Rigali, que apresentou sua renúncia por motivos de idade.

Dom Chaput, de 66 anos, é o primeiro arcebispo de origem americana, pois vem da tribo Potawatomi. Pertence à ordem dos frades capuchinhos e foi nomeado bispo aos 43 anos.

Ele foi bispo de Rapid City e em 1997 foi nomeado arcebispo de Denver. Entre outras atribuições dentro da Igreja, serviu como visitador apostólico dos seminários dos EUA, da diocese australiana de Toowoomba e da Legião de Cristo no Canadá e nos Estados Unidos.

"Eu não sei por que o Santo Padre enviou-me aqui – disse ontem Dom Chaput em coletiva de imprensa, na Filadélfia, logo após a divulgação da nomeação. Mas confio em seu coração e acredito no seu critério. Sei que outros bispos teriam sido mais inteligentes do que eu, mais talentosos ou mais ligados ao passado da Filadélfia."

"Mas eu prometo que (...) nenhum bispo tentará mais ajudar as pessoas que sofreram pelos pecados do passado, ou trabalhará mais para fortalecer e incentivar os nossos sacerdotes e para renovar o coração do nosso povo", acrescentou o prelado.

A Igreja na Filadélfia está passando por um período de crise após os resultados de um relatório do grande júri, em fevereiro passado, que mostrou que 37 padres com acusações justificadas de terem cometido abuso sexual ainda estavam no ministério ativo. O cardeal Rigali suspendeu 24 deles e contratou um investigador independente para avaliar as alegações.

--- --- ---

Para mais informações:

Biografia de Dom Chaput (em inglês):  www.archden.org/index.cfm/ID/272/Archbishop's-Biography-/.