Dom Santos Abril, arcipreste de Santa Maria Maior

Ele foi professor de espanhol do beato João Paulo II

| 913 visitas

CIDADE DO VATICANO, terça-feira, 22 de novembro de 2011 (ZENIT.org). Bento XVI nomeou o novo arcipreste da basílica papal de Santa Maria Maior: é Dom Santos Abril y Castelló, arcebispo titular de Tamada e vice-camarlengo da Santa Romana Igreja.

Dom Santos Abril é núncio da Santa Sé nos Bálcãs desde 2003, abrangendo a Eslovênia, a Macedônia e a Bósnia-Herzegovina.

Nascido em Alfambra, Teruel, na Espanha, em 1935, Dom Santos estudou no Seminário Conciliar de Teruel  e foi ordenado sacerdote aos 25 anos, em 1960.

Em 1961, mudou-se para Roma, onde se doutorou em Ciências Sociais pela Universidade de São Tomás e em Direito Canônico pela Universidade Gregoriana.

Diplomata pela Pontifícia Academia Eclesiástica, começou seu trabalho em 1967 nas nunciaturas do Paquistão e da Turquia. Foi ainda núncio na Bolívia, em Camarões, no Gabão, na Guiné Equatorial e na antiga Iugoslávia.

Em 1985 foi consagrado bispo na catedral de Teruel pelo Cardeal Casaroli, secretário de Estado Vaticano, e depois designado arcebispo titular de Tamada.

Nos anos 80, como chefe do Setor de Língua Espanhola na Secretaria de Estado, foi professor de espanhol do beato João Paulo II, a quem acompanhou em várias viagens a países de língua castelhana.

Recebeu a Comenda de Primeira Classe e a Placa da Ordem de Isabel A Católica, a Grande Cruz ao Mérito Civil da Alemanha, a Grande Cruz do Condor dos Andes, da Bolívia, e a Cruz de São Jorge, da Província de Teruel.

Para saber mais (em espanhol): http://www.zenit.org/article-37989?l=spanishhttp://www.zenit.org/article-8615?l=spanishhttp://www.zenit.org/article-6609?l=spanish.