Dor de Bento XVI pela tragédia ferroviária na Argentina

Saldo de 11 mortos e mais de 200 feridos

| 818 visitas

CIDADE DO VATICANO, quinta-feira, 15 de setembro de 2011 (ZENIT.org) – Bento XVI manifestou sua dor ao receber a trágica notícia do acidente que provocou a morte de 11 pessoas e mais de 200 feridos em um bairro da cidade de Buenos Aires, causado pela colisão entre um ônibus e dois trens.

Em um telegrama de condolências ao cardeal Jorge Mario Bergoglio, arcebispo de Buenos Aires e presidente da Conferência Episcopal Argentina, por ocasião da tragédia de Flores, ocorrida em 13 de setembro, o Pontífice manifesta seus sentimentos “aos familiares dos falecidos, junto a expressões de alento e consolo a todos os feridos e afetados por tão lamentável fato”.

Da mesma forma, o Bispo de Roma, na mensagem, remetida pelo secretário de Estado do Papa, cardeal Tarcisio Bertone, “oferece ferventes sufrágios e orações, pedindo a Deus pelo descanso eterno dos defuntos”.