Dor do Papa pelas vítimas do terremoto na Itália

Até agora há cerca de 100 mortos e 50 mil desabrigados

| 900 visitas

CIDADE DO VATICANO, segunda-feira, 6 de abril de 2009 (ZENIT.org).- Bento XVI expressou nesta segunda-feira sua «consternação» e dor pelas vítimas do terremoto que afetou nesta madrugada a cidade italiana de Áquila, na região dos Abruzzos (na cadeia montanhosa dos Apeninos). 

O terremoto, de 5,8 na escala Richter, teve seu epicentro no Abruzzo, a cerca de 10 km da cidade de Áquila, e abalou todo o centro da Itália. Até agora fala-se de 100 mortos e cerca de 50 mil desabrigados. 

Em um telegrama enviado ao arcebispo de Áquila, Dom Giuseppe Molinari, o cardeal Tarcisio Bertone, secretário de Estado, expressou a «dor do Papa pelas queridas populações afetadas por este trágico acontecimento». 

Na mensagem, o Papa assegura suas «fervorosas orações pelas vítimas, em especial pelas crianças», e invoca do Senhor «o consolo para suas famílias», além de dirigir «uma palavra de ânimo aos sobreviventes e a todos os que, de diversas formas, estão trabalhando nas tarefas de resgate», em contato com as Cáritas de outros países.