DVD em espanhol recupera vida do padroeiro dos leprosos

O beato belga Damião de Veuster

| 450 visitas

MADRI, sexta-feira, 15 de junho de 2007 (ZENIT.org).- Um DVD titulado «Molokai» recupera a vida do «leproso de Cristo», o beato belga Damião de Molokai.



O documentário, editado por Ediciones San Pablo, relata o encontro do missionário Damião de Veuster no ano 1873 com os leprosos de Molokai, no arquipélago de Havaí, conhecida como a «ilha maldita».

O filme revive o encontro com os leprosos do missionário jovem e entusiasmado, Damião de Veuster, e como, através de seu trabalho, aquela «podridão humana» -- como se narra no filme -- deu lugar a um «testemunho de amor encarnado nos irmãos».

Nenhum homem sadio jamais havia visto o povoado dos leprosos até que chegou a figura branca -- por seu hábito -- do Pe. Damião.

O beato Damião (1840-1889) foi reconhecido como o maior belga de todos os tempos pela televisão Flemish. Pertencia à Congregação dos Sagrados Corações de Jesus e de Maria.

Em 1994, o Papa João Paulo II o proclamou beato e padroeiro os leprosos e das pessoas que trabalham com eles.

O DVD dura 105 minutos e é uma produção espanhola e européia de 1959, com o roteiro de Jaime G. Herranza e direção de Luis Lucia.