Egito: atentado durante um casamento cristão

Tiros diante da igreja: três mortos e pelo menos dez feridos, alguns gravemente

Roma, (Zenit.org) Redacao | 428 visitas

Ao menos três mortos e uma dezena de feridos: este é o saldo provisório de um atentado perpetrado ontem no Egito, diante de uma igreja cristã em que acabava de ser celebrado um casamento, no bairro de Waraq. Entre os mortos, uma menina de oito anos, Mariam Fahmi. Como há vários feridos graves, o número de vítimas fatais pode aumentar.

O atentado, ainda não reivindicado, foi realizado por dois atiradores que passaram de moto metralhando a igreja, de acordo com declarações do pe. Bishoy Lofty à rede televisiva local CBC. Lofty afirmou que as atuais relações “entre cristãos e muçulmanos são boas”, melhores inclusive que na época do ditador Hosni Mubarak.

Fontes locais informaram que, neste domingo, manifestantes favoráveis ao presidente islamista deposto, Mohamed Morsi, protestaram nas imediações da Universidade de Al-Azhar até que a polícia os dispersou.