Em tempos de crise, CNBB mostra-se solidária aos trabalhadores

Mensagem do episcopado brasileiro para o dia 1º de maio

| 967 visitas

INDAIATUBA, quarta-feira, 29 de abril de 2009 (ZENIT.org).- A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) expressa sua solidariedade aos trabalhadores, no contexto da crise econômica mundial.

Em mensagem para o Dia do Trabalhador, 1º de maio, divulgada hoje, o episcopado “confirma seu compromisso em favor dos direitos sociais do povo” e expressa “a solidariedade com todos os desempregados, vítimas da crise ou dos que se aproveitam dela”.

“Os princípios da Doutrina Social da Igreja - a dignidade da pessoa humana, a destinação universal dos bens da terra e a prioridade do trabalho sobre o capital - inspiram alternativas para uma nova ordem econômica, em vista de um mundo justo e solidário”, afirma a mensagem.
 
A CNBB destaca que a crise “mostra a sua face mais cruel ao se deslocar do capital financeiro para o setor produtivo, dizimando milhares de postos de trabalho, na cidade e no campo”.

“A crise financeira e econômica é apenas uma parte da crise mais profunda que é social, política, cultural, ambiental, ética e espiritual. Todas essas dimensões devem ser consideradas com coragem e lucidez, na busca de uma saída sustentável.”

A CNBB “convida trabalhadoras e trabalhadores a manterem viva a fé, a esperança e a alegria em Jesus Cristo Ressuscitado”, encerra a nota.