Encontro em Roma entre católicos e muçulmanos sobre diálogo inter-religioso

Os participantes serão recebidos amanhã pelo Papa

| 976 visitas

CIDADE DO VATICANO, terça-feira, 16 de dezembro de 2008 (ZENIT.org).- Ontem começou em Roma o XI Encontro entre o Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso e a World Islamic Call Society, sobre o tema «A responsabilidade dos líderes religiosos, especialmente em tempos de crise».

No encontro participam 24 especialistas, 12 católicos e outros muçulmanos. O encontro constará de cinco sessões, entre as quais se refletirá sobre a responsabilidade dos líderes religiosos diante da crise e do diálogo inter-religioso. 

Pela parte católica, participam os membros da Comissão para as Relações com os Muçulmanos deste dicastério, da qual fazem parte o presidente, cardeal Jean Louis Tauran, e o secretário, o arcebispo Pier Luigi Celata. 

Na qualidade de especialistas participam, entre outros, Dom Giovanni Martinelli (vigário apostólico de Trípoli), Jean-Luc Brunin (bispo de Ajaccio) e Khaled Akasheh (chefe do Comitê para o Islã do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso), assim como vários professores universitários, especialistas no mundo islâmico. 

Pela parte muçulmana, participam o presidente da World Islamic Call Society em Roma, Mansosur Tantush, o secretário-geral, Mohamed Ahmed Sherif, representantes de federações islâmicas da Áustria e França, assim como vários professores universitários e o diretor do Sahefat Addaawa Newspaper, Abdelati Abdelgalil Alwarfally. 

World Islamic Call Society (WICS) foi fundada em 1972 para promover a civilização e a cultura islâmicas, e tem sua sede em Trípoli (Líbia). Em seus congressos participam mais de 250 organizações islâmicas, procedentes de 80 países. 

Esta organização trabalha fundamentalmente no campo educativo e cultural, ainda que também atue como provedor de ajuda humanitária em colaboração com algumas agências da ONU. Outra de suas atividades é o diálogo com os cristãos de diversas confissões. 

Com o Conselho Pontifício, a WICS teve 12 encontros nos últimos anos, em Trípoli, Roma, Viena e Malta. Também mantém contato com o Conselho Mundial das Igrejas.