Enfermos anciãos, protagonistas em um Congresso internacional no Vaticano

Convocado pelo Pontifício Conselho para a Pastoral da Saúde

| 665 visitas

CIDADE DO VATICANO, domingo, 13 de maio de 2007 (ZENIT.org).- Os enfermos anciãos, e especificamente sua atenção pastoral, centrarão o XXII Congresso Internacional que o Pontifício Conselho para a Pastoral da Saúde convocou no Vaticano.



Mais de quinhentos delegados e especialistas do mundo inteiro se reuniram nestas reuniões anuais promovidas pelo dicastério para a Saúde, presidido pelo cardeal Javier Lozano Barragán; a próxima acontecerá de 15 a 17 de novembro.

Os trabalhos começarão com uma intervenção sobre «A atenção pastoral aos enfermos anciãos à luz da Palavra de Deus». Desde aí, o Congresso, seguindo uma metodologia já habitual, se articulará em três partes: «Realidade», «O que pensar» e «O que fazer».

Assim, a análise do estado da questão envolverá a história da atenção dos enfermos anciãos -- analisando a demografia da população anciã do mundo --, as principais doenças que afetam os anciãos -- patologias emergentes raras ou que aparecem de novo nos enfermos anciãos, e a circunstância das doenças dos anciãos em relação com a mundialização --, além da origem de tais doenças -- desde o ponto de vista pessoal (comportamento humano, estilo de vida, alimentação, ampliação da porcentagem de vida), tecnológico e científico (mudança tecnológica e industrial, novos fármacos, ciências gerontológicas), político e social (mudança política, legislações, sistema de saúde, pensões, papel familiar e tempo livre) e ecológico (mudança ecológica, contaminação da água e do meio ambiente).

Traçado este panorama, a segunda parte do congresso será empreendida à luz da Revelação -- atenção aos enfermos anciãos na Sagrada Escritura, nos escritos dos Padres da Igreja e na história da Igreja --, assim como da reflexão sobre ela, apontando à relação entre fé, caridade e enfermos anciãos.

Igualmente se aprofundará em testemunhos de santos dedicados à atenção dos enfermos anciãos, na circunstância dos enfermos anciãos segundo a esperança cristã, e na responsabilidade cristã ante esta situação da vida -- com especial referência aos aspectos éticos.

O diálogo inter-religioso (judaísmo, islamismo, hinduísmo e budismo) sobre o tema dos enfermos anciãos se unirá a essas reflexões, assim como reflexões da pós-modernidade.

Realizado este itinerário, o Congresso internacional estará em condições de passar à ação e identificar iniciativas necessárias com relação à pastoral na atenção dos enfermos anciãos desde diferentes pontos de vista.

Desde a perspectiva religiosa se estudará o tema da catequese e a educação na fé dos enfermos anciãos, os sacramentos para estas pessoas, assim como aspectos pastorais em conexão com a psicologia.

Desde o ponto de vista biomédico se abordarão pontos concretos quanto à pesquisa, fármacos, nutrição, estilo de vida, cuidados, acompanhamento e instituições.

A aproximação sócio-política abordará, por sua parte, os meios de comunicação, os sistemas de saúde nacionais e internacionais, legislações, movimentos de população, recursos econômicos, científicos, tecnológicos, políticos alimentares e higiene social.

Desde a ótica familiar se estudarão as ações com relação ao enfermo ancião, sua família e o pessoal de saúde.

A parte final do congresso, seguindo o ponto de vista operativo, será dedicada às dioceses, à paróquia e às ordens religiosas com relação ao enfermo ancião, à atenção particular dos sacerdotes e religiosos anciãos e enfermos, aos voluntários e associações que atendem enfermos anciãos, ao apoio espiritual que estes necessitam -- sacramentos e oração -- e ao aspecto das visitas a essas pessoas que sofrem.

As Atas do Congresso, nos quatro idiomas do mesmo -- será oferecida tradução simultânea em inglês, francês, espanhol e italiano --, estarão disponíveis em maio do ano que vem.

Aqueles que tenham intenção de participar desse Congresso internacional -- que será celebrado na Sala Nova do Sínodo no Vaticano -- devem enviar sua ficha de inscrição completa antes do próximo 10 de outubro ao Pontifício Conselho para a Pastoral da Saúde (00120 - Cidade do Vaticano).

Mais informação na Secretaria do Congresso:
Via della Conciliazione, 3 - 00193 Roma
Tel.: +39 (06) 69884720, 69884799
Fax: +39 (06) 69883139
E-mail: opersanit@hlthwork.va