Episcopado de Portugal preocupado com as crianças em dificuldades

| 510 visitas

LISBOA, quarta-feira, 10 de setembro de 2008 (ZENIT.org).- A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) irá publicar, após debate na Assembléia Plenária do organismo em novembro, um documento sobre a situação das crianças em dificuldade.

Segundo D. José Alves, vogal da Comissão Episcopal da Pastoral Social, destacou à Agência Ecclesia, “será um documento curto que irá sintetizar alguns problemas e alertar a população para a problemática que está relacionada com as crianças que se encontram em situações de dificuldade”.

A Igreja está atenta à realidade das crianças, apesar de estar em fase “de transição no que respeita às instituições que se dedicam às crianças”, afirmou o prelado.

Ainda de acordo com a Agência da CEP, D. José Alves sublinhou que o Estado, depois de ter mandado encerrar centros para atividades de tempos livres e ter aberto instituições oficiais, "vem solicitar às instituições privadas as instalações que não tem”. Para além deste ponto, D. José Alves sublinha também outro fenómeno: as instituições “que acolhem crianças com problemas de família”.

O arcebispo de Évora salienta que o Estado “aposta e bem na qualidade e no serviço técnico”. Apesar de concordar com estas normas, D. José Alves sublinha “que as instituições que estão a trabalhar nesta área há muitos anos não têm de um dia para o outro possibilidade de se adaptarem a todas as exigências que a lei decretou num determinado dia.”

A técnica e a especialização “só por si não resolvem as situações todas”. Quem trabalha nestas áreas, “sabe que os problemas das crianças são, fundamentalmente, de ordem afetiva”, disse.