Espanha: 1º Congresso Teresiano Internacional

Sobre o “Livro da Vida” de Santa Teresa

| 1277 visitas

Por Nieves San Martín

ÁVILA, terça-feira, 17 de agosto de 2010 (ZENIT.org) - De 23 a 31 de agosto, será realizado em Ávila (Espanha) o 1º Congresso Teresiano Internacional, centrado no "Livro da Vida" de Santa Teresa, que faz parte do conjunto de atividades programadas para comemorar o 5º Centenário do nascimento da carmelita que é doutora da Igreja.

"O testemunho de vida e a doutrina de Teresa de Jesus, na profundidade do Século de Ouro, continuam interpelando também o século da internet: a experiência de Deus, o dom de saber explicá-la e comunicá-la, fazem de Teresa a primeira mulher proclamada doutora da Igreja, uma grande comunicadora", opina Cristina Dobner, carmelita descalça, que dará uma conferência no congresso sobre o "Livro da Vida", informa SIR.

O encontro, que será realizado no Centro Internacional Teresiano Sanjuanista (CITES), Universidade da Mística dos Carmelitas Descalços, contempla a participação de especialistas internacionais, aos que se confia "uma série de facetas que, lentamente, irão compondo o rosto de Teresa, dinâmico, transpassado por uma só intenção: conduzir a Deus".

O Carmelo Teresiano contempla o 5º Centenário do seu nascimento (1515) como "um encontro magnético que atrai, obriga a refletir e, sobretudo, a entrar na amizade com o Senhor que mora no Castelo Interior de cada um". Este "fermento evangélico - acrescenta Dobner - pretende contagiar e animar, em muitos níveis e em diversas modalidades".

O ato de abertura será presidido pelo Pe. Saverio Cannistrà, prepósito general dos Carmelitas Descalços, que ilustrará o camino rumo ao Centenário, e por Dom Ricardo Blázquez, arcebispo de Valladolid e vice-presidente da Conferência Episcopal Espanhola, que dará a conferência inaugural sobre o "Livro da Vida: um exemplo de teologia narrativa".

Desde a terça-feira, 24 de agosto, aniversário da fundação do primeiro mosteiro teresiano, em São José de Ávila, expoentes como José Ignacio González Faus, Secundino Castro, Teófanes Egido, Luis Aróstegui, Cristiana Dobner, Dom Jean Sleiman e o grande teresianista Tomas Álvarez, entre outros, serão protagonistas, até o sábado, 28 de agosto, das 30 conferências que comporão o congresso.

Segundo deram a conhecer fontes da própria Universidade da Mística, o congresso contará com uma exposição de caráter didático sobre a obra teresiana na qual se destacará a presença do manuscrito original do "Livro da Vida".

O manuscrito deixará o museu de El Escorial, aonde foi levado por desejo explícito do rei Felipe II, e será exibido na grande sala do CITES, "como se a própria Teresa, em sua herança escriturística acolhesse os congressistas".

"Quantas pessoas voltaram para Deus ou inclusive se converteram lendo-o? De Tomás de Jesus, que o teve em sua mão ainda com a tinta fresca da pena de Teresa - conclui Dobner - até Edith Stein, na famosa noite de Bergzabern do verão de 1921, em que encontrou Cristo e acolheu o dom do chamado carmelita."