Espanha: atenção à lei sobre o fim da vida

Bispos alertam de legalização encoberta da eutanásia

| 988 visitas

MADRI, sexta-feira, 24 de junho de 2011 (ZENIT.org) - O projeto de lei reguladora dos direitos da pessoa diante do processo final da vida, que se discute na Espanha, implicaria a legalização encoberta de práticas de eutanásia.

É o que advertem os bispos da CEE (Conferência Episcopal Espanhola), em um comunicado difundido ao final de sua assembleia plenária de 21 e 22 de junho.

O texto dos bispos afirma que “o próprio conceito de dignidade humana fica negativamente afetado” no projeto.

“Uma conceituação da autonomia da pessoa como praticamente absoluta e o peso que se dá a tal autonomia no desenvolvimento da lei acabam por desvirtuar a intenção declarada e por ultrapassar o limite proposto de não dar validade à eutanásia”, afirmam os prelados.

O texto de lei assinala que sua intenção seria proteger a dignidade da pessoa no final da vida, mas sem despenalizar a eutanásia.

Mas os bispos consideram que “parece afirmar-se implicitamente que uma vida humana poderia carecer de dignidade a se tutelar no momento em que assim dispusesse de forma autônoma a parte interessada e inclusive eventualmente um terceiro”.