Espanha: Igreja destina mais de um milhão de euros a projetos pastorais

Ajuda do Fundo Nova Evangelização beneficia 182 projetos na África, Ásia, América Latina e paí­ses do Leste europeu

Roma, (Zenit.org) Ivan de Vargas | 278 visitas

O Comité Executivo da Conferência Episcopal Espanhola (CEE) aprovou em 12 de dezembro de 2013 um total de 182 projetos pastorais apresentados pela Comissão Assessora, com ajudas que somam 1.350.900 euros. Os projetos foram financiados com a ajuda da Conferência Episcopal, das dioceses, das congregações religiosas, de outras instituições eclesiais e de doadores particulares.

Os beneficiários são: 74 projetos na África, que recebem da Igreja espanhola um montante de 534.000 euros; 21 projetos na Ásia, que recebem 537.000 euros; 74 projetos na América, com 129.500 euros; 13 projetos em países europeus, com 30.000 euros.

As obras de construção e equipagem, junto com atividades relacionadas à catequese e à formação, são as necessidades descritas na maioria dos novos projetos pastorais (141). As ajudas para sacerdotes e seminários e a manutenção de veículos são as carências cobertas pelos 36 projetos restantes.

A Conferência Episcopal Espanhola sempre foi sensível e generosa diante das múltiplas solicitações dos bispos da América Latina, da África, da Ásia e dos países do Leste europeu, que pedem ajuda para projetos eminentemente pastorais e de evangelização para os quais não costuma haver outros meios de ajuda.

O episcopado espanhol criou o Fundo Nova Evangelização para atender essas demandas. A LXVIII Assembleia Plenária, de 17 a 21 de novembro de 1997, aprovou as normas de funcionamento e a constituição de uma Comissão Assessora formada por vários bispos representantes de Comissões Episcopais e representantes de instituições da Igreja na Espanha, comprometidas com a evangelização dos mais necessitados (Manos Unidas, Cáritas Espanhola, Obras Misionales Pontificias, Ajuda à Igreja que Sofre).

Desde a fundação em 1997, o Fundo Nova Evangelização ajudou mais de 2.300 projetos pastorais com mais de 22 milhões de euros.