Espanha: mais uma capela de adoração perpétua

“Uma aposta eclesial”, afirmam os organizadores

| 1382 visitas

BURGOS, segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011 (ZENIT.org) - Após três meses de trabalho, instalou-se na arquidiocese de Burgos (Espanha) a primeira capela de Adoração Eucarística Perpétua (AEP). Leigos da paróquia de San José Obrero organizaram esta iniciativa que, com ajuda dos sacerdotes sacramentinos, tornou-se realidade.

Na cerimônia presidida pelo arcebispo de Burgos, Dom Francisco Gil Hellín, e após levar o Santíssimo Sacramento em procissão solene para a capela de adoração, teve início esta “aposta eclesial”, como definiu o pároco local, padre Carlos Alonso.

É a primeira capela da arquidiocese que permanecerá aberta dia e noite, com o Santíssimo Sacramento exposto e sempre acompanhado, sinal de antecipação da adoração tributada a Deus pelos santos e anjos no céu, segundo explicou o sacerdote.

Trata-se de uma realidade que se faz possível graças aos mais de 350 adoradores que, repartidos em horas do dia e da noite, comprometeram-se a adorar durante uma hora por semana.

“Não tenho dúvidas de que a Adoração Perpétua da Eucaristia produzirá abundantes frutos de vida cristã: conversões, vocações, crescimento da santidade matrimonial, obras de caridade em favor dos pobres”, disse o arcebispo.

Esta iniciativa em Burgos soma-se às numerosas capelas de AEP distribuídas pelo mundo. Uma realidade que demonstra ser um excelente revitalizador da vida cristã onde é implantada.