Estátua de João Paulo II erigida no México pela autoridade civil

No estado de Coahuila

| 603 visitas

TORREÓN, terça-feira, 26 de junho de 2007 (ZENIT.org-El Observador).- A diocese de Torreón, no estado mexicano de Coahuila, se unirá, no próximo dia 29 de junho, à grande quantidade de cidades mexicanas que erigiram ou estão em processo de ereção de monumentos comemorativos do Papa João Paulo II.



Contudo, a estátua tem uma dupla particularidade, segundo assinalou um comunicado do bispo de Torreón, Dom José Guadalupe Galván Galindo: por um lado, trata-se de uma iniciativa da autoridade civil (neste caso, da prefeitura de Torreón) e, portanto, coroará o bulevar João Paulo II, que já havia sido designado com o nome do «Papa mexicano».

Em uma carta dirigida aos fiéis leigos da diocese de Torreón, Dom Galván Galindo pediu a todos que se unam ao ato de bênção da estátua como uma homenagem da cidade à memória do querido Papa João Paulo II, no marco do primeiro centenário da cidade de Torreón e do jubileu de ouro da diocese.

O comunicado de Dom Galván Galindo conclui citando as palavras de João Paulo II em primeiro de agosto de 2002, durante sua quinta visita ao país asteca: «Deus te abençoe, México, pelos exemplos de humanidade e de fé de teu povo, pelos esforços em defender a família e a vida».