EUA: alunos de escolas católicas têm mais chances de se graduar

99,1% dos alunos obtêm diploma de nível superior

| 1508 visitas

WASHINGTON, 4 de maio de 2010 (ZENIT.org). - Os alunos de instituições católicas de ensino superior têm mais chances tem chegar à universidade e se diplomar quando comparados aos seus colegas de outras instituições de ensino, segundo indica um estudo recentemente publicado nos EUA.

Relatório Estatístico Anual sobre os centros de ensino católicos 2009-2010 foi publicado pela Associação Nacional de Educação Católica.

Uma declaração dos bispos dos EUA divulgou os resultados da análise na quarta-feira passada.

O estudo mostra que as instituições católicas de ensino secundário nos EUA obtêm um percentual de 99,1% de alunos graduados, contra 97,9% de escolas particulares não-confessionais e 73,2% de escolas públicas.

Do mesmo modo, os alunos de escolas católicas têm maior probabilidade (84,7%) de vir a frequentar um curso universitário - quase o dobro dos estudantes provenientes de escolas públicas (44,1%).

"O estudo demonstra a excelência dos centros de ensino católicos - disse Marie Powell, diretora executiva do Secretariado para a Educação Católica da Conferência Episcopal. As escolas católicas apresentam um notável recorde nos índices de diplomação de seus estudantes."

"Sua eficácia em educar os estudantes, mesmo em ambientes difíceis, é citada regularmente nos relatórios publicados nos últimos 25 anos. A comunidade católica deve se orgulhar de manter estas instituições de ensino", afirmou.