EUA: iniciativa para ajudar imigrantes sem papéis

Linha telefônica assessorará trabalhadores e suas famílias

| 746 visitas

CHICAGO, terça-feira, 20 de setembro de 2011 (ZENIT.org – El Observador) – Encabeçados pela arquidiocese de Chicago, grupos de organizações da sociedade civil, além de representações diplomáticas e grupos de ajuda aos imigrantes, deram a conhecer o funcionamento de uma linha telefônica gratuita para a defesa dos direitos humanos dos trabalhadores e suas famílias, especialmente os mexicanos, que têm uma presença muito forte nessa cidade.

A linha telefônica 1-855 HELP MY FAMILY (“Ajude a minha família”) pretende defender os trabalhadores indocumentados e suas famílias frente a um risco iminente de deportação.

Trata-se de um serviço de ajuda imediata, por meio do qual os imigrantes terão assessoria legal, jurídica, consular e solidária para que seus direitos humanos não sejam violados com o pretexto de não terem os papéis de trabalho.

A associação inclui 35 grupos provedores de serviços sociais, 27 equipes de especialistas e ativistas comunitários, 17 escritórios privados de advogados, federações de oriundos mexicanos, bem como a Arquidiocese de Chicago.

A linha 1-855 HELP MY FAMILY será atendida por 67 voluntários capacitados para fornecer informação e ajuda às famílias imigrantes, em inglês, espanhol, coreano e português, durante as 24 horas do dia. A central se situa no Consulado Mexicano de Chicago.

O serviço de ajuda será financiado com fundos privados, bem como com doações individuais, e é uma tentativa de criar um serviço de assistência legal, serviço social, apoio e consultoria a famílias imigrantes.