Exortação apostólica Ecclesia in Europa completa dez anos

Sí­nodo dos Bispos propõe ações pastorais urgentes

Roma, (Zenit.org) Jose Antonio Varela Vidal | 336 visitas

No próximo dia 28 de junho, comemoram-se os dez anos da exortação apostólica pós-sinodal Ecclesia in Europa, promulgada pelo beato João Paulo II como resultado da II Assembleia Especial para a Europa, acontecida em Roma.

Os 117 padres sinodais de então refletiram de 1º a 23 de outubro de 1999 sobre o tema "Jesus Cristo vivo na sua Igreja, fonte de esperança para a Europa”. Tratou-se de uma continuação da primeira assembleia, ocorrida no final de 1991, cujo debate focou no testemunho cristão no mundo contemporâneo, alicerçando uma nova evangelização no Velho Continente.

A Segunda Assembleia Especial para a Europa foi a última da série de assembleias sinodais continentais convocadas pelo então papa e hoje beato João Paulo II, na carta apostólica Tertio Millenio Adveniente, como parte da preparação para o Grande Jubileu do Ano 2000.

De acordo com o comunicado da Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos, a segunda assembleia se desenrolou em meio a "novas situações sociais e culturais, presentes no continente após as mudanças políticas no Leste Europeu".

O texto também afirma que os padres sinodais prestaram atenção às diversas realidades da Igreja na Europa e ao particular momento histórico em relação ao projeto de unificação do continente. "O tema de Jesus Cristo, vivo na sua Igreja, dominou a discussão sinodal sobre as raízes culturais do continente e, ao mesmo tempo, constituiu uma fonte de esperança na construção de uma nova Europa sobre o fundamento da fé", ressalta a entidade eclesial.

Depois de promulgado o documento que hoje se comemora, o conselho pós-sinodal, instalado por norma no fim de cada assembleia sinodal, se reuniu para avaliar o impacto e a aplicação da Ecclesia in Europa, elaborando um questionário enviado às conferências episcopais e às organizações continentais. As respostas permitiram avaliar alguns aspectos da missão da Igreja para o futuro trabalho nos países europeus.