«Fé cristã é antes de tudo encontro com Jesus», explica Papa

Na audiência geral desta quarta-feira

| 1015 visitas

CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 3 de outubro de 2007 (ZENIT.org).- A fé cristã não é um sistema de idéias ou ético, antes de tudo, é o encontro com Jesus, declara Bento XVI.



Esta foi a conclusão à qual chegou na audiência geral desta quarta-feira, na qual apresentou São Cirilo de Alexandria, padre da Igreja, falecido no ano 444, que entregou sua vida para mostrar que Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, ante as heresias de sua época.

«A fé cristã é antes de tudo encontro com Jesus, uma pessoa que dá à vida um novo horizonte», explicou o Papa aos 40 mil peregrinos congregados na Praça de São Pedro do Vaticano, em um dia praticamente de verão.

«Jesus entrou no tempo com o nascimento de Maria, a ‘Theotòkos’, e estará sempre conosco, segundo sua promessa», seguiu assegurando o Papa ao recolher os ensinamentos de Cirilo, conhecido pelas Igrejas do Oriente como «custódio da exatidão», ou seja, da verdadeira fé.

«E isso é importante – concluiu o pontífice: Deus é eterno, nasceu de uma mulher e segue conosco cada dia. Nesta confiança vivemos, nesta confiança encontramos o caminho de nossa vida.»

A catequese foi uma prova da estima que os Papas, e em particular Bento XVI, sentem pela tradição teológica dos cristãos orientais, que hoje são ortodoxos em sua grande maioria.

Padres da Igreja do Oriente, como São Cirilo, declarou, mostram «que tanto a tradição oriental como a ocidental expressam a doutrina da única Igreja de Cristo».

Com sua chegada ao Vaticano para participar da audiência, Bento XVI deixou definitivamente a residência pontifícia de Castel Gandolfo, onde transcorreu a maior parte do verão desempenhando suas atividades cotidianas.