Festa litúrgica de Francisco e Jacinta Marto

O grande engano...

Fátima, (Zenit.org) | 1136 visitas

A Igreja celebra a 20 de fevereiro a festa litúrgica dos beatos Francisco e Jacinta Marto, dois dos três pastorinhos videntes de Nossa Senhora, em 1917. A data coincide com a da morte da beata Jacinta Marto.

Para o reitor do Santuário de Fátima, em palavras proferidas na homilia da Eucaristia celebrada esta manhã na Basílica da Santíssima Trindade, o “grande engano” é pensar-se que os dois pequenos videntes foram beatificados por terem visto Nossa Senhora.

“Não foram beatificados por terem visto Nossa Senhora: a Igreja proclamou-os beatos porque, depois das aparições, transformaram as suas vidas, orientando-a totalmente para Deus. Não fizeram actos extraordinários: viveram radicalmente centrados em Deus na sua condição de crianças”, disse o padre Carlos Cabecinhas.

Em tempo de Quaresma, o reitor destacou o testemunho dos Beatos, que, disse, deve “desafiar vivamente” os cristãos a viverem este tempo de conversão que antecede a Páscoa.

“Nos Pastorinhos encontramos um modelo para a nossa vivência quaresmal. Peçamos a sua intercessão para que a nossa vivência da Quaresma, como tempo de mais intensa oração, escuta mais frequente da Palavra de Deus, Penitência e amor ao próximo, seja frutuosa e nos leve a celebrar e viver festivamente a Páscoa que se aproxima, para que, um dia, possamos viver com os Beatos Francisco e Jacinta a Páscoa eterna junto de Deus”, afirmou.

A eucaristia terminou com a bênção das crianças presentes na celebração.

O programa oficial que o Santuário de Fátima propôs para a celebração desta festa iniciou na noite de ontem na Capelinha das Aparições, com a recitação do Rosário, seguida, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário, de uma Vigília de Oração.

Nesta Basílica, no local onde estão tumulados os três videntes de Fátima, a oração foi enriquecida com a evocação e contemplação de momentos e gestos das curtas vidas dos beatos Francisco e Jacinta, através da leitura de passagens das “Memórias da Irmã Lúcia”.

LeopolDina Simões

A ladainha dos Beatos Francisco e Jacinta Marto: AQUI