Filipinas: 1 milhão de terços pela paz no mundo

Simples e potente ferramenta, segundo presidente do episcopado

| 1099 visitas

MANILA, quinta-feira, 1º de setembro de 2011 (ZENIT.org) – Nas Filipinas, a Cruzada do Terço em Família está dirigindo uma campanha para conseguir que um milhão de filipinos rezem um milhão de terços em 200 dias, por todas as nações do mundo.

A iniciativa incentiva os filipinos do mundo inteiro a oferecer um terço diário por um país em particular desde o próximo dia 7 de setembro, festa de Nossa Senhora do terço, até 31 de maio, festa de Nossa Senhora de Todas as Nações, segundo informa a Conferência Episcopal das Filipinas em seu site.

A partir de hoje e durante todo o mês de setembro, serão realizados encontros especiais de oração em todas as dioceses das Filipinas para preparar a campanha “Um milhão de terços: filipinos em oração, paz para todas as nações”. A campanha do terço será acompanhada pela catequese.

“Eu a vejo como uma ferramenta potente para catequizar sobre a oração, o compromisso social entre os católicos e o verdadeiro significado da paz, assim como o Senhor o ensinou nos Evangelhos, declarou o presidente do episcopado filipino e bispo de Tandag, DomNereo Odchimar.

“A ferramenta pode ser simples, mas esta simplicidade nos abrirá as portas da paz duradoura para o mundo e nos conduzirá ao caminho da cura das nossas nações”, destacou.

O prelado incentivou todas as paróquias, escolas e os filipinos que moram no estrangeiro a unir-se à campanha do terço, orando pela paz no mundo.

Por sua vez, o arcebispo deLingayen-Dagupan, Dom Sócrates Villegas, incentivou a participação ativa de sacerdotes e leigos na campanha do terço, em uma circular dirigida aos sacerdotes da sua diocese.

Villegas dirige a Comissão Episcopal de Catequese e Educação Católica, que colabora com a Cruzada do Terço em Família para levar adiante a campanha.

O prelado também incentivou a participar de uma campanha similar, com a qual as pessoas rezarão 1,1 milhão de terços no dia 11 de novembro de 2011, às 11h, nas escolas e universidades do país.

“Será uma boa oportunidade para incentivar os nossos jovens a estimar esta bonita oração da Igreja”, indicou Dom Villegas, convidando as escolas e paróquias a preparar-se para esta atividade.

Segundo o arcebispo, “esta campanha ajuda a mostrar aos nossos jovens que a oração pode mudar o mundo, e as pessoas que rezam podem mudar os destinos dos povos; de fato, não pode haver paz no mundo sem oração”.

Na arquidiocese de Lingayen-Dagupan, rezar-se-á pela campanha do terço em todas as Missas durante o mês de setembro.