Francisco na Coreia do Sul para a Jornada da Juventude Asiática

A programação do Santo Padre para a viagem de 13 a 18 de agosto

Cidade do Vaticano, (Zenit.org) Rocio Lancho García | 354 visitas

A terceira viagem internacional do Santo Padre acontecerá em agosto: Francisco vai à Coreia do Sul para a Jornada da Juventude Asiática. Depois de visitar o Brasil em julho de 2013, para a Jornada Mundial da Juventude no Rio, e de peregrinar à Terra Santa no mês passado, o papa viajará em agosto ao Extremo Oriente. Serão 5 dias e 10 ocasiões para escutar o Santo Padre falar em público naquele país asiático. O pontífice se encontrará com jovens, bispos, pessoas deficientes, autoridades civis, comunidades religiosas, líderes do apostolado leigo e líderes religiosos. Outro dos atos centrais da viagem será a cerimônia de beatificação de Paul Yun Ji-Chung e de 123 companheiros mártires.

Na quarta-feira, 13 de agosto, às 16h do horário romano, o Santo Padre partirá do aeroporto do Fiumicino, na capital italiana, com destino a Seul.

A chegada à Coreia está prevista para o dia seguinte, 14 de agosto, às 10h30 do horário de Seul. A viagem começará com a santa missa, celebrada às 12h, em particular, na nunciatura apostólica. À tarde, às 15h45, acontecerá a cerimônia de boas-vindas, com a visita de cortesia à presidente da República. Em seguida, o papa se reunirá com as autoridades e fará o primeiro discurso da viagem. O encontro seguinte será com os bispos da Coreia na sede da Conferência Episcopal, onde o papa fará o seu segundo discurso público, encerrando a primeira jornada.

No dia 15 de agosto, pela manhã, Francisco irá até Daejeon de helicóptero. Às 10h30 celebrará a santa missa na solenidade da Assunção de Maria no Estádio da Copa do Mundo de 2002. A eucaristia será seguida pelo ângelus e por uma alocução do Santo Padre. Para o almoço, ele se reunirá com os jovens no Seminário Maior da cidade. Ao terminar, de novo a bordo de helicóptero, Francisco se dirigirá ao Santuário de Solmoe. Às 17h30, encontrará os jovens da Ásia e fará mais um discurso, regressando depois a Seul.

No sábado, 16 de agosto, Francisco visitará pela manhã o Santuário dos Mártires de Seo So Mun. Às 10h, presidirá a santa missa de beatificação de Paul Yun Ji-Chung e de 123 companheiros mártires, na Porta de Gwanghwamun, em Seul. Depois do almoço, o papa viajará de helicóptero até Kottongnae, onde visitará o centro de reabilitação para portadores de deficiência, na Casa da Esperança. Em seguida, encontrará comunidades religiosas da Coreia no Centro Escola de Amor, onde fará outro discurso público. Francisco tem outro encontro programado para a mesma tarde, com os líderes do apostolado leigo no Centro de Espiritualidade da cidade. Às 19h, o papa regressará a Seul.

No domingo, 17 de agosto, o papa viajará a Haemi para encontrar os bispos da Ásia no santuário, pronunciando mais um discurso. A seguir, almoçará com eles no refeitório do santuário e, depois do almoço, celebrará a santa missa de encerramento da 6ª Jornada da Juventude Asiática no Castelo de Haemi. O Santo Padre regressará então à capital do país para passar a última noite dessa viagem à Coreia do Sul.

Finalmente, na segunda-feira, 18 de agosto, o papa começará o dia com os líderes religiosos no Palácio da Cúria da arquidiocese de Seul e celebrará a Santa Missa pela Paz e pela Reconciliação na Catedral de Myeong-dong. Depois, às 12h45, acontecerá a cerimônia de despedida na Base Aérea, com o avião decolando às 13h de volta para Roma.