Fundação AIS promove Musical Woytila no Coliseu do Porto

O espectáculo não é um musical clássico, mas sim um review, construído a partir de testemunhos de vidas que mudaram ou foram tocadas por João Paulo II

Braga, (Zenit.org) Redacao | 452 visitas

Neste ano em que se comemora o Ano da Fé e o Centenário do nascimento do Padre Werenfried, fundador da AIS e grande amigo pessoal de João Paulo II, a fundação AIS convida a assistir ao MUSICAL WOJTYLA, que será apresentado no dia 1 de Junho às 16h no Coliseu do Porto. 

Em 2011, por ocasião da beatificação do Papa João Paulo II, a Fundação AIS associou-se a este grande projecto de homenagem, um espectáculo multimédia elaborado a partir de testemunhos de vidas que mudaram ou foram tocadas por João Paulo II. O objectivo é muito simples: lembrar o Papa, o homem, o Santo, que poucos deixou indiferentes.

O musical WOTJYLA nasceu integrado num projecto de homenagem ao Papa João Paulo II, desenvolvido pela Paróquia de Cascais, por ocasião do Ano Sacerdotal. Este grupo nasceu com o objectivo de produzir e realizar um espectáculo musical com fins beneméritos. Teve a sua estreia no dia 18 de Maio de 2010, no Estoril, e esteve em cena durante 7 dias, sendo que dois destes dias foram sessões extras a pedido do público.

Dado o enorme impacto que o musical causou, aliado ao facto de terem tido variados pedidos para repor o espectáculo, a ATT (Associação para Tratamento das Toxicodependências) lançou um novo desafio ao grupo. Assim surgiu, de novo, o musical WOJTYLA que passou pelo Teatro Sá da Bandeira no Porto, Teatro Tivoli em Lisboa e Fernan Gomez em Madrid. E agora estreando no Coliseu do Porto.

Trata-se de um musical multimédia sobre João Paulo II. A peça não é um relato histórico nem uma biografia. São testemunhos.

Testemunhos de quem se cruzou com ele. Testemunhos de vidas que mudaram. Testemunhos acerca do lado mais divertido do Papa.

Momentos decisivos e momentos divertidos.

O espectáculo não é um musical clássico, mas sim um review, construído a partir de testemunhos de vidas que mudaram ou foram tocadas por João Paulo II. Incide também na relação de João Paulo II com os jovens.

O objectivo central e fundamental é lembrar João Paulo II, o homem, o Papa, o Santo, que poucos deixou indiferentes.

Para maiores informações: 

http://www.fundacao-ais.pt/agenda/detail/id/121/