Futuras mães, não tenham medo!

A Coordenação Italiana das Associações de Pessoas com Síndrome de Down divulga vídeo em que crianças e jovens explicam que é possível ser feliz, mesmo com alguns problemas

Roma, (Zenit.org) Antonio Gaspari | 368 visitas

Por ocasião do Dia Mundial da Síndrome de Down, 21 de março, a Coordenação Nacional das Associações de pessoas com síndrome de Down, na Itália, (CoorDown) promove uma campanha internacional sobre o direito à felicidade e bem -estar das pessoas com síndrome de Down.

O Dia Mundial da Síndrome de Down (World Down Syndrome Day) é um evento internacional - oficialmente sancionado por uma resolução da ONU – que promove a conscientização sobre a Síndrome de Down, visa criar uma nova cultura da diversidade e promover o respeito e a integração na sociedade de todas as pessoas com síndrome de Down.

A escolha da data 21/3 não é acidental: a síndrome de Down, também conhecida como Trissomia 21, é caracterizado pela presença de um cromossoma extra - três em vez de dois - no par de cromossomas n° 21.

Como parte da campanha, a CoorDown produziu um vídeo intitulado Dear Future Mom (Querida futura mãe). A CoorDown lidera um grupo de nove países diferentes: Itália, França, Espanha, Croácia, Alemanha, Inglaterra, Rússia, Estados Unidos e Nova Zelândia.

O vídeo, produzido pela agência de publicidade Saatchi & Saatchi, está disponível em italiano no site www.coordown.it/www/ e inglês no YouTube: www.youtube . com / watch? v = Ju- q4OnBtNU .

O spot, dirigido por Luca Licini, que está entre os mais vistos na net, começa com o email de uma futura mãe, que no dia 09 de março escreveu: "Eu estou esperando um bebê. Eu descobri que ele tem síndrome de Down. Eu estou com medo. Que tipo de vida meu filho terá?".

Para responder à aflita futura mãe, estão 15 crianças, meninas e meninos portadores da síndrome de Down.

"Querida futura mãe, não tenha medo. Seu filho vai fazer muitas coisas. Poderá te abraçar. Vai correr em sua direção. Poderá falar. Vai dizer que ele te ama. Será capaz de ir à escola. Será capaz de estudar e escrever para você. Será capaz de andar de bicicleta e de trabalhar. Será capaz de viver sozinho, porque ele vai ser capaz de trabalhar e ter dinheiro suficiente para convidá-la para jantar e viver feliz."

"Algumas vezes, a vida será difícil, muito difícil, praticamente impossível, mas não é a mesma para todas as mães? Querida futura mãe, seu filho vai ser feliz, como nós somos. E você será uma mãe feliz, certo?".

O vídeo termina com a declaração: "As pessoas com síndrome de Down podem ter uma vida feliz, porque todo mundo tem o direito de ser feliz. "

Entre os patrocinadores do vídeo estão as fundações “Jerome Lejeune cercher, soigner, defender", Collectif Les Amis d’Elenore, trisomique… et alors!”, “Fundation Down Madrid”, la Down Syndrome Community (DSC), “Down Syndrom Development Trust” e i “Saving Down”.

CoorDown argumenta que a felicidade dos pais passa pela felicidade dos filhos, mas o bem-estar de uma criança com síndrome de Down também depende da inclusão social e da capacidade de exercer seus direitos: educação de qualidade, o número certo de horas de apoio, as intervenções precoces de reabilitação, a possibilidade de encontrar um emprego, como qualquer outra pessoa.

A campanha da CoorDown, em colaboração com a Federação Italiana Sport Disabilità Intellettiva Relazionale, será promovida também nos estádios italiano, com bandeiras e vídeos de 30 segundos projetados no telão.

(Trad.:MEM)