Futuro sem fome não é um sonho utópico

Caritas: conferência internacional sobre a fome no mundo

| 1097 visitas

ROMA, terça-feira, 29 de maio de 2012 (ZENIT.org) - A Caritas lançou um congresso internacional sobre a fome no mundo e a segurança alimentar, para os dias 1º e 2 de junho, em Viena, Áustria. O objetivo é encontrar soluções globais para o fato de que 925 milhões de pessoas no mundo de hoje ainda sofrem a fome.

“A cada doze segundos, uma criança morre de fome”, disse o presidente da Caritas Internationalis, cardeal Óscar Rodríguez Maradiaga. “A fome não é uma fatalidade. As causas são de ordem social, econômica e política”.

O evento, organizado conjuntamente pela Caritas Áustria, Caritas Internationalis e Caritas Europa, reunirá autoridades públicas, políticos, acadêmicos, jornalistas e representantes da sociedade civil de todo o mundo.

Os delegados discutirão as causas estruturais da fome e analisarão como as agências de ajuda podem intervir de forma eficiente para garantir o direito fundamental à alimentação.

O congresso quer provar que a luta contra a fome está no centro do trabalho de serviço aos pobres feito pela Caritas, e que esta questão deve ser uma prioridade para os governos. A segurança alimentar é um tema fundamental às vésperas do encontro Rio+20 e tem plena relação com a agenda dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

Em comunicado, a Caritas disse pretender "unir a comunidade internacional nesta luta para erradicar a fome e a desnutrição".

O congresso será aberto pelo cardeal Maradiaga. Tesfai Tecle, assessor especial de Kofi Annan, apresentará uma palestra do ex-secretário geral das Nações Unidas sobre os efeitos da injustiça mundial na fome e na desnutrição, bem como os procedimentos necessários para que aconteça uma mudança real.

Kristalina Georgieva, comissária europeia para a cooperação internacional e para a ajuda humanitária, falará do papel e das responsabilidades da União Europeia neste sentido.

Christoph Schweifer, secretário geral dos Programas Internacionais da Caritas Áustria e coordenador da conferência, disse: "A Caritas acredita que um futuro sem fome não é um sonho utópico. É a nossa visão e nós vamos lutar por ela".