"Grandes desafios, uma mesma identidade": Congresso da Educação Católica no Chile

Roma, (Zenit.org) Redacao | 382 visitas

Organizado pelo Setor de Educação da Conferência Episcopal do Chile e pela FIDE a fim de abordar aspectos como a identidade, os desafios e a qualidade da escola católica no atual contexto chileno, “Grandes desafios, uma mesma identidade” é o nome do Congresso da Educação Católica que foi aberto na última quinta-feira, 8, e encerrado no sábado, 10 de agosto, num encontro que reuniu cerca de 600 pessoas.

Estiveram presentes na abertura o bispo de Temuco e presidente do Setor de Educação da Conferência Episcopal do Chile, dom Héctor Vargas; o presidente da Federação de Instituições de Educação Particulares, FIDE, irmão Jesus Triguero; o secretário geral do Escritório Internacional de Educação Católica, pe. Ángel Astorgano; o encarregado de Negócios da Nunciatura Apostólica, dom Juan Antonio Cruz Serrano; e o subsecretário de Educação, Fernando Rojas.

O irmão Jesus Trigueros destacou que o colégio católico é chamado a se tornar um lugar de formação e de promoção integral, mediante a assimilação sistemática e crítica da cultura, e, nesse contexto, ressaltou que a educação deve ser uma educação para a liberdade. “Constitui uma responsabilidade estrita da escola enfatizar a dimensão ética e religiosa da cultura, para ativar o dinamismo espiritual do aluno e ajudar a atingir a liberdade ética do aluno, que, supõe-se, aperfeiçoa a liberdade psicológica”, informa um comunicado da Conferência Episcopal.

Por sua vez, o subsecretário de Educação falou dos desafios a ser encarados, considerando que as diversas entidades presentes no congresso trabalham para oferecer um ensino de qualidade que possa chegar a todas as crianças, independentemente da sua realidade sócio-econômica ou familiar. Neste sentido, ele se referiu à conciliação adequada entre a autonomia que é dada aos sustentadores e os controles mínimos que, como país, são adotados como regras de convivência.

Durante o congresso, foram abordados aspectos como a identidade da escola católica de acordo com o documento de Aparecida, os desafios para a Igreja e para a educação católica no Chile, a qualidade da escola católica no contexto atual chileno e os colégios católicos no Chile, entre outros temas.