Gratidão de bispo ao amigo muçulmano do sacerdote assassinado no Iraque

Carta de Dom Botros Fahim, bispo auxiliar do Cairo para os coptos católicos

| 503 visitas

CAIRO, sexta-feira, 8 de junho de 2007 (ZENIT.org) .- Publicamos a mensagem enviada à Zenit por Dom Botros Fahim, bispo auxiliar do Cairo para os coptos católicos, em resposta à carta enviada por Adnan Morkani, professor de Islã no Instituto de Estudos das Religiões e das Civilizações da Universidade Pontifícia Gregoriana.



A carta do professor Mokrani, de religião muçulmana, publicada por Zenit em 7 de junho, estava dirigida ao Pe. Ragheed Aziz Ganni, sacerdote caldeu, assassinado em 3 de junho em Mosul, Iraque, junto a três subdiáconos.

Ambas cartas mostram como o diálogo entre crentes de diferentes religiões pode amadurecer em situações dramáticas, como o sacrifício do Pe. Ganni, manifestando que sua morte não foi em vão.


* * *



Querido irmão meu, Adnan,
Que a paz esteja contigo:

Obrigado por tua humanidade, por tua fé, por tua fidelidade e tua delicadeza. Tua carta ao irmão Ragheed, assassinado no Iraque, é uma mensagem de paz que ressoa no mundo absurdo da guerra louca e insensata.

Obrigado por tua sensibilidade ante todos e ante tudo. Eu te conheci, amigo, irmão e homem crente muçulmano, excepcional por tua humanidade e por tua fé.

Obrigado por tua solidariedade. Espero poder encontrar sempre pessoas como tu, que podem dar prazer e valor à vida, sem levar em conta a religião que se abraça, e espero que com estas pessoas seja possível fazer algo por nosso mundo árabe e por nossos irmãos que sofrem por tantos motivos, entre outros, os religiosos.

Espero poder encontrar-te logo; agradeço-te e te abraço com afeto fraterno no único Deus que inspira a todos o amor pela vida e pela paz.

Padre Kamal Fahim
Agora Dom Botros Fahim

Bispo auxiliar do Cairo para os Coptos católicos