Guia de Orientação para os Casos Especiais

Há pouco mais de duas décadas, nascia a Pastoral Familiar no Brasil

| 1393 visitas

Por João Bosco e Eunides Lugnani

BRASÍLIA, segunda-feira, 24 de setembro de 2012(ZENIT.org) - A ajuda à família, até então, era prestada através da ajuda aos casais sacramentados (ou não impedidos de se casarem), pelos movimentos familiares. Esta ajuda preciosa continua sendo oferecida.

O documento Familiaris consortio (FC), do Beato João Paulo II, hoje com mais de três décadas, originou o nascimento da Pastoral Familiar com a estrutura atual, na qual se inserem os “Casos Especiais”. A FC, três décadas depois, continua desafiando a pastoral a se estruturar para prestar a ajuda às famílias.

A partir da FC, cresceu a pastoral e a produção de subsídios para nortear os trabalhos. Entre os primeiros subsídios produzidos, foi desenvolvido, pela Comissão Nacional de Pastoral Familiar (CNPF) o “Guia de Orientação para os Casos Especiais”. Este subsídio apresenta um resumo do conjunto de casos especiais elencados na FC e, na sequência, trata, com pormenores, dois deles: “Casais em Segunda União” e “Situações Conflitivas e Centro de Atendimento à Família – (CAF)”.

O tema “Casais em Segunda União” é desenvolvido nos moldes do movimento “Bom Pastor” de Porto Alegre. Estabelece objetivos, define a população destinatária, a metodologia e os conteúdos principais para realizar os serviços de ajuda, desde a acolhida, passando por um evento específico, até o acompanhamento dos participantes (casais em segunda união).

O segundo caso especial abordado em pormenores no Guia é “Situações Conflitivas e Centro de Ajuda às Famílias - (CAF)”.  São apresentadas recomendações para preparação da equipe, seguidas de orientações pormenorizadas para a implantação dos serviços de ajuda (CAF) e delineamento de recursos necessários.

O documento elenca ainda, em forma de tabela, algumas das principais experiências práticas de trabalhos específicos, realizadas em diversos regionais.

Este Guia está disponível na SECREN (61) 3443-2900; secren@cnpf.org.br; www.cnpf.org.br.  Adquira já o seu.

João Bosco e Eunides Lugnani, casal assessor pedagógico da Comissão Nacional da Pastoral Familiar